• Precisa de ajuda ?
    Entre em contato conosco pelo email contato@acervothai.com
Sobre Muaythai

Muaythai ou Muay Thai? Qual a forma correta e sua relação com as Olimpíadas

Copie o link desta página: https://sobremuaythai.com/nGjfd

Existe forma correta de escrever? Muay Thai ou muaythai?

Muay thai, Muaythai e Muay-Thai. Sim, existe uma forma correta, ou melhor, uma forma indicada de escrita. Ainda hoje é bem comum encontrar ambas as formas escritas, ou mesmo a versão com hífen. Mas antes de explicar sobre grafia, vamos falar de tradução.

Abaixo você lê em tailandês a palavra: muaythai. De forma simples, a palavra “muay” significa: Lutar e a palavra “thai” refere-se ao povo tailandês. Sendo assim, muaythai quer dizer “luta tailandesa” ou mesmo “boxe tailandês”. Entretanto, devemos lembrar que o alfabeto Thai é completamente diferente do nosso. Portanto traduções nunca serão exatas, tão pouco definitivas.

Mas definições como luta das 8 armas, luta dos livres etc são apenas títulos criados para o esporte e não traduções da palavra. Quer usar? Ok, porém não diga que é a tradução, pois não é.

  • Olimpíadas Muaythai e Problemas

O Governo tailandês entrou com o pedido para tornar a arte marcial um esporte olímpico. Em 2016 foi decidido pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) que o esporte teria caráter provisório. Isso é, por três anos ele será avaliado, e caso seja efetivado, nos Jogos de 2020 no Japão ele se tornará um esporte de apresentação.

Mas vamos com calma, a premissa parece boa, mas não é bem assim. Atualmente temos vários esportes de combate nas Olimpíadas; Judo, Tae-Kwon-Do, Grego-Romano, Boxe e o Japão irá incluir o Karatê.

O COI não quer transformar os Jogos Olímpicos em um The King Of Fighters. A razão é simples, a violência do esporte não é boa para a audiência. O público que assiste aos jogos são basicamente famílias, e um nariz sangrando após um golpe no rosto não é considerado boa publicidade. Babaquice? Sim, concordo, mas o público médio irá reclamar muito.

O Muaythai Amador é uma saída e um problema.

Há uma regra simples dentro do COI, o esporte em questão não pode conter o nome de seu país. A única grande exceção é a Grego-Romana, que está desde o inicio dos jogos modernos. Sendo assim a grafia Muay thai deixa claro que o esporte é a luta da Tailândia, e por regra não é autorizado. Qual a solução? Criar uma grafia única.

Sendo assim ficou recomendado o uso da grafia Muaythai, tudo junto mesmo, para dar ideia do esporte e não do país. Inteligente, não?

A partir dessa decisão, criou-se um outro problema; como tornar o esporte menos violento, e atrativo para os Jogos de forma comercial. Nesse momento entra a IFMA (Federação Internacional de Muaythai Amador). É importante lembrar que filmes, séries e mesmo novelas com teor violento possuem classificação +16. Os Jogos Olímpicos é livre para todas as idades, entendeu o problema?

Uma solução apresentada foi justamente trabalhar com o esporte em seu caráter Amador. Isto não quer dizer lutadores iniciantes, muito pelo contrário. A IFMA trabalha com classes/categorias, e atletas de elite fazem parte dos eventos. A questão aqui é o uso de proteção nas lutas. Em todas as categorias e Classes, o uso é obrigatório.

 

Por um lado, pode ser excelente, o Muaythai terá uma exposição nunca antes vista para o mundo, por outro lado Muaythai Amador não é Muaythai Profissional. Ele não possui nenhuma ligação com cinturões mundiais (WBC – WMC – WPMF – Estádios Tailandeses). Ele é outro esporte, com outras regras que utiliza graduação fiscalizada pela IFMA, e com nada se assemelha ao Muaythai Profissional.

Brasil Arte Marcial e o jeitinho nacional

Atualmente há diversas organizações de muaythai na Tailândia, muitas trabalham com graduações, diplomas e certificados. Estamos falando de muito dinheiro envolvido, se um gringo quer um certificado de Grão Mestre do Mongkon Dourado e irá pagar uma boa grana por isso, ele terá.

Entenda, picareta é mato em qualquer lugar no mundo. A preocupação que fica é simples, quantas academias de Muaythai Olímpico irão surgir em cada esquina? Sendo que muitas pessoas entrarão nessa com algum sonho, mas na realidade elas não farão parte de nada. A IFMA é um órgão sério,  mas estamos no Brasil, é fácil imprimir um certificado de Muaythai Olímpico.

Outro fato, alguns poucos anos atrás era simples ir à Tailândia tirar umas fotos, pegar um cinturão de papelão e chegar no Brasil se chamando ‘campeão mundial’. Hoje a história é outra. Não há problema algum em lutar Amador, usar proteções, não se machucar e ser campeão de uma organização. Mas você não é campeão mundial profissional e está anos-luz de pisar em um Estádio de verdade.

E sinto muito, mas sua graduação tem valor apenas dentro da entidade que você pagou para te-la. não me leve a mal, mas você não pode se auto-intitular ‘mestre’ se não sabe o que foi o período Sukhothai ou o Chupasart e sua imensa importância para o muaythai. Você não é ‘mestre’ se não entende o valor cultura e histórico do Phuang Malai e Mongkon.

Muaythai é uma Arte. E que não se torne um bate-bate em cima do ringue.

  • Referencias para essa matéria:

Site Oficial do Comitê Olímpico Internacional

Site Oficial IFMA

Site Oficial WPMF ( Federação Mundial de Muaythai Profissional)

Copie o link desta página: https://sobremuaythai.com/nGjfd
Tiago Simão
ADman' especialista em criação de conteúdo para web. Editor-Chefe AcervoThai, apresentador do Podcast Muaythai Debate, curti sushi e pizza. Dcnauta nas HQs, Marvete no Cinema e possui mais livros e HQs que amigos.
Play All Replay Playlist Replay Track Shuffle Playlist Hide picture